Quanto pagamos de Imposto:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog:  NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER -- JORNAL PONTO COM **

PENSE NISSO:

PENSE NISSO:

domingo, 10 de novembro de 2013

Novo Altima 2014 completa gama dos três-volumes da Nissan – primeiras impressões.

Primeiro lote do sedã grande, produzido nos Estados Unidos, já está chegando às concessionárias
A Nissan começa a vender neste mês no Brasil o Altima, sedã grande produzido nos Estados Unidos – na fábrica de Smyrna, Tennesse – que vem completar a gama dos três-volumes da marca de origem japonesa, com preço de R$ 99.800.
Na quinta geração, o Altima é um carro global, vendido em países da Ásia, Oceania, Oriente Médio e Américas. Nos Estados Unidos, por exemplo, ele é o modelo mais vendido da Nissan, com quase 300 mil unidades comercializadas anualmente.
A princípio, até por conta da cota de importação a que a Nissan tem direito, a marca trouxe um primeiro lote com 250 unidades e a gerente de produto, Ana Serra, prefere não falar em expectativa de volume de vendas. “Trouxemos esse primeiro lote e vamos ver como as vendas se comportam”, afirma.
Dentro das vendas totais do mercado brasileiro, o segmento de sedãs grandes representa apenas 1,3%, segundo Ana. Os sedãs de luxo abocanham 52% desta fatia, enquanto o Ford Fusion leva 30%. Segundo Ana, o público-alvo para o Altima são homens acima de 45 anos da classe A. O modelo será vendido numa única versão, 2.5 SL, sem opcionais.
Motor e equipamentos
Totalmente reformulado na sua quinta geração, o sedã que será vendido aqui a partir da semana que vem tem sob o capô o motor 2.5 de quatro cilindros, que entrega 182 cv e traz de série a nova geração do câmbio Xtronic CVT – o mesmo do Sentra -, suspensão traseira multilink, assento “gravidade zero” e o que eles chamam de Safety Shield, um sistema que reúne vários equipamentos de segurança, como os monitoramentos de pontos cegos e de mudança de faixa, detector de objetos em movimento, além de câmera de ré.
O monitoramento de mudança de faixa, por exemplo, usa uma câmera para monitorar constantemente as faixas de rolamento da via. Se o carro sair involuntariamente da faixa, ou seja, sem o acionamento da seta, a 60 km/h ou mais, um aviso sonoro chama a atenção do condutor. O equipamento pode ser testado durante o test drive na região de Guararema (SP).
No caso de algo ou uma pessoa se mover atrás do carro quando a marcha à ré está acionada, o detector de objetos em movimento também alerta por meio de sinal sonoro. Já o monitoramento de ponto cego emite aviso no espelho retrovisor quando outro veículo está em uma área de ponto cego. Se a seta estiver acionada, o alerta vem junto com um aviso sonoro para reforçar a proximidade do outro veículo.
Outro recurso bacana, localizado entre o hodômetro e o velocímetro, é o display colorido de 4 polegadas do Drive-Assist. Ele é personalizável e ajustável por botões no volante e reúne informações do sistema de áudio, consumo instantâneo, computador de bordo, sistema de monitoramento da pressão dos pneus e dados do GPS. São nove informações diferentes, sendo que seis delas podem aparecer no display, caso o motorista as selecione.
O modelo tem airbags frontais, laterais e de cortina e, para frenagens seguras, o sedã traz de série freios a disco nas quatro rodas com ABS, que trabalham em conjunto com o controle eletrônico de frenagem e a assistência de frenagem.
O sedã tem também um botão do interior do porta-luvas que permite trancar a tampa do porta-malas quando o carro é deixado com manobristas.
Impressões
Guiamos o Altima em trecho urbano e rodoviário na região de Guararema, interior de São Paulo, em tempo chuvoso.
O design renovado tem linhas clássicas e harmoniosas, mas um tanto quanto conservadoras. O modelo conta com 4,86 metros de comprimento, 1,83 m de largura e 2,77 m de entre-eixos, o que garante ótimo espaço para os ocupantes.
O acabamento interno é de boa qualidade, com materiais agradáveis ao toque e bons encaixes, e os comandos ficam à mão. Outro ponto positivo é o banco “gravidade zero”, inspirado em estudos da NASA para reduzir a fadiga dos ocupantes, pois o assento se aproxima da chamada “postura neutra”, posição relaxada que o corpo humano assume em ambiente sem gravidade, dando apoio contínuo da pélvis ao tórax e com distribuição da deformação. Embora não tenhamos dirigido por muito tempo, o banco demonstrou ser bem confortável.
Como estava chovendo, sentimos a falta do sensor de chuva, indisponível no modelo. A Nissan informou que o equipamento não está disponível nem nos Estados Unidos. Algo a ser acrescentado na próxima mudança, já que o modelo vem tão bem equipado (veja a tabela de equipamentos de série).
O motor de 182 cv a 6.000 rpm e torque de 24,78 mkgf a 4.000 rpm trabalha bem em conjunto com a transmissão CVT. Segundo a marca, pode chegar a 210 km/h, mas a aceleração de 0 a 100 km/h não foi divulgada. O consumo, por sua vez, está 15% menor se comparado à geração anterior e o modelo recebeu nota A no Programa Brasileiro de Etiquetagem. Segundo a Nissan, o Altima faz 10,1 km/l na cidade e 13,1 km/l na estrada.
Não espere emoção do Altima. Ele foi feito para focar no conforto. E isso ele oferece. A condução é agradável, suave. Mesmo com chuva, com alta velocidade em curvas, é possível sentir o carro bem à mão e muito estável.
Para isso, o modelo conta com um sistema que oferece controle inteligente e atuadores de freio de alta resposta nas rodas dianteiras durante as curvas para reduzir a guinada do carro. Ele trabalha em conjunto com os controles de estabilidade e de tração.

Os amortecedores ZF Sachs, normalmente oferecidos para modelos de categorias superiores, utilizam válvulas para controlar a aspereza e ressaltos das rodas ao mesmo tempo em que garantem a suavidade. Assim, as imperfeições do solo e vibrações da transmissão são bem minimizadas para o interior da cabine.
A direção com assistência hidráulica eletrônica também responde bem durante a condução. O isolamento acústico é bom, permitindo que se converse a bordo com tranqüilidade. A 130 km/h, a rotação do motor fica em 2.000 rpm. Mas, apesar da suavidade, o modelo responde bem quando se pisa no acelerador.
História
O Altima foi lançado em 1992 nos Estados Unidos. O nome foi usado originalmente como uma das versões de acabamento do Laurel, sedã vendido pela Nissan na América Central e Caribe nos anos 1980.
A marca decidiu adotar a denominação no novo modelo que chegaria ao mercado norte-americano em 1992, como modelo 1993, substituindo o Stanza, outro três-volumes que havia saído de linha meses antes. Os primeiros Altima foram produzidos na fábrica de Smyrna, Tennessee, a mesma que produz a nova geração.
Nissan Altima 2014 – vídeo de divulgação
Nissan Altima 2014 – Lista de equipamentos
Câmbio automático XTRONIC ® CVT com função overdrive e modo sport ●

Conforto e Conveniência
Abertura e fechamento das portas, abertura do porta-malas e acionamento do alarme através de controle remoto ●
Acendimento automático dos faróis (sensor crespuscular) ●
Ar-condicionado automático digital dual zone ●
Banco do motorista com ajuste elétrico (10 posições) ●
Banco do passageiro com ajuste manual ●
Bancos com revestimento em couro* ●
Bancos dianteiros Zero Gravity aquecidos ●
Chave inteligente presencial (I-key) com partida remota ●
Console central dianteiro com tampa e apoio de braço integrado ●
Porta-óculos ●
Direção com assistência eletro-hidráulica ●
Display Drive-Assist** customizável ●
Luzes de leitura dianteiras e traseiras ●
Para-sol com espelhos, iluminação e extensor para motorista e passageiro ●
Piloto automático ●
Porta-copos dianteiros (2) ●
Porta-copos traseiros (2) integrados ao descansa-braço ●
Porta-luvas iluminado com chave ●
Porta-mapas e porta-garrafas nas portas ●
Porta-revistas no encosto dos bancos ●
Rede porta-objetos para porta-malas ●
Retrovisor interno eletrocrômico ●
Retrovisores externos com regulagem elétrica, pisca integrado e aquecidos ●
Sistema de navegação integrado ao painel ●
Sistema eletrônico de ignição (botão push start) ●
Tampa de combustível com abertura interna ●
Teto solar elétrico ●
Vidros elétricos dianteiros com função “one touch” ●
Volante aquecido com controles de áudio, piloto automático, bluetooth e Drive-Assist ●
Volante com regulagem de altura e profundidade ●
Volante com revestimento em couro ●

Aparência

Acabamento cromado na tampa do porta malas ●
Dupla ponteira cromada ●
Faróis de neblina ●
Faróis tipo projetor com ajuste de altura ●
Jogo de 4 tapetes de carpete personalizados com emblema ALTIMA ●
Lanternas traseiras em LED ●
Maçanetas externas das portas cromadas ●
Maçanetas internas das portas cromadas ●
Retrovisores externos rebatíveis na cor do veículo ●
Rodas de liga leve de 17” e pneus 215/55 R17 ●

Segurança

3 cintos de segurança traseiros de 3 pontos retráteis ●
Airbags frontais para motorista e passageiro ●
Airbags laterais e de cortina ●
Alças de teto retráteis (3) para os passageiros ●
Apoios de cabeça dianteiros (2) e traseiros (3) ●
Câmera de ré com imagem integrada ao display do rádio ●
Cintos de segurança dianteiros reguláveis em altura ●
Controle ativo de subesterço (AUC) ●
Controle de estabilidade (VDC) ●
Controle de Tração (TCS) ●
Freios ABS com Controle Eletrônico de Frenagem (EBD) e Assistência de Frenagem (BA) ●
Limpador de pára-brisa com controle intermitente ajustável e sensor de velocidade ●
Pontos de ancoragem para cadeiras infantis (ISOFIX) ●
Sensor de Monitoramento de Pressão dos Pneus (TPMS) com Easy Fill ●
Sistema elétrico de travamento central das portas ●
Travamento automático das portas e do porta-malas com o veículo em movimento ●

Tecnologia Safety Shield com as funções:
•Monitoramento de ponto cego (BSW)
•Detector de objetos em movimento (MOD)
•Monitoramento de mudança de faixa (LDW)

Sistema de áudio

Sistema de Som Premium Bose com rádio CD Player com função MP3, entrada auxiliar e USB compatível com iPod®, tela colorida de 7″ sensível ao toque e 9 alto falantes ●
Conexão Bluetooth ●

Cores

Branco Diamond
Prata Classic K23
Preto Premium KH3
Nissan Altima 2014 – Ficha técnica

NISSAN ALTIMA SL 2.5 2014 ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

CARROCERIA

Arquitetura Sedan , 4 portas, 5 lugares, tração dianteira
Coeficiente Aerodinâmico (Cd) 0.307

MOTOR

Tipo 2.5L, 16 válvulas, gasolina, 4 cilindros
Cilindrada 2488 cm³
Potência 182 cv / 6000 rpm ( gasolina)
Torque 243Nm/4000rpm (gasolina)
Taxa de Compressão 10.0 +/- 0.2
Diâmetro e curso 89.0 x 100.0 mm
Sistema de injeção Eletrônica Multiponto

TRANSMISSÃO

Tipo CVT (Continuamente Variável)

RELAÇÕES DE MARCHAS

CVT Max ~ Min: 2.6310~0.3780
Diferencial relação final de transmissão: 4.8290

PERFORMANCE

Velocidade máxima 210 km/h
Consumo Urbano (Inmetro) ** 10,1 km/l
Consumo Estrada (Inmetro) ** 13,1 km/l

SUSPENSÕES

Suspensão dianteira
Dianteira: Suspensão independente do tipo
McPherson com molas helicoidais
Suspensão traseira Traseira: independente multilink

FREIOS/RODAS/PNEUS

Dianteiros Discos ventilados com 296 mm de diâmetro
Traseiros Discos solidos com 292 mm de diâmetro
Rodas Rodas de liga 17
Pneus 215/55R17
Bitolas dianteiras 1,585 mm
Bitolas traseiras 1,585 mm

DIMENSÕES

Comprimento 4,865 mm
Largura 1,830 mm
Altura 1,470 mm
Distância entre-eixos 2,775 mm
Espaço para cabeça dianteiro 992 mm
Espaço para ombros (dianteiro/ traseiro) 1,432 mm
Espaço para quadris dianteiro 1,371 mm
Espaço para pernas dianteiro 1,143 mm
Espaço para cabeça traseiro 942 mm
Espaço para quadris traseiro 1,324 mm
Espaço para pernas traseiro 917 mm
Ângulo de ataque 15º
Ângulo de saída 17º

CAPACIDADES

Porta-malas 436 litros
Tanque de combustível 68 litros
Peso em ordem de marcha 1,469
Distribuição do Peso (frente/traseira) 60%/40%

DIREÇÃO

Tipo Assistida eletro-hidráulica
Diâmetro de Giro 11,4 m
Relação 16,4:1

INFORMAÇÕES ADICIONAIS

Intervalos de revisão 10.000km ou 12 meses
Garantia 3 anos
FONTE:

Atividades Proclamação da República para imprimir 15 de novembro 2013.


A Proclamação da República foi o ato que estabeleceu que a partir daquele momento o Brasil deixava de ser império e passava a ser república, ou seja deixava de ter um imperador e passava a ter presidente e ministros.








O poder de cura do limão.

Estudos constataram que o uso do limão estimula a produção do carbonato de potássio no organismo, promovendo a neutralização da acidez do meio humoral, pois o ácido cítrico presente no limão é transformado durante a digestão e comporta-se como um alcalinizante, ou seja, um neutralizante da acidez interna. Além disso, os diversos sais do limão se convertem em carbonatos e bicarbonatos de cálcio, potássio, entre outros, que aumentam a alcalinidade do sangue.
Quando tomado pela manhã em jejum, descongestiona e desintoxica o organismo.
É útil no combate às diversas patologias reumáticas e artríticas, além de aumentar a excreção de ácido úrico, uréia e ácido fosfórico.
Regenera os tecidos inflamados das mucosas, estimulando o funcionamento normal de todos os órgãos do aparelho digestivo.
Nas afecções gastrintestinais, os ácidos do limão destroem os germes e as bactérias nocivas que se libertam e contribuem para gerar ulcerações. Ainda combate as fermentações e os gases.
É amigo do pâncreas, expurga e tonifica o fígado e a vesícula.
Relativamente ao aparelho geniturinário, bem como ao sistema cardiovascular, é igualmente um poderosíssimo eliminador de toxinas e um tônico privilegiado. Tem, assim, ação que impede e neutraliza a proliferação das tão temidas afecções arterioscleróticas.
Gargarejos do seu suco fresco são benéficos para todos os tipos de afecções do trato nasofaríngeo, bem como para laringites e gengivites. Inalado (puro ou diluído), é um bom desinfetante nas rinites e sinusites.
Indicações de uso interno 
Asma, enfisema (paralelamente com a terapia do limão, deve-se reduzir o consumo de proteínas).
Infecções pulmonares, tuberculose pulmonar e óssea, bronquite crônica, constipação e gripe.
Afecções cardiovasculares, varizes e flebites.
Fragilidade capilar, dermatites, prurido, eczema e despigmentação.
Doenças infecciosas (coadjuvante no tratamento de mononucleoses, leucocitoses, blenorragias, sífilis, etc.).
Febre (infusão de folhas de limoeiro e/ou cascas do fruto, podendo juntar-se o suco).
Gastrite, dispepsias e aerofagias (também se podem mastigar finas lascas da casca).
Úlceras de estômago e do duodeno, esofagite de refluxo.
Insuficiência hepática e pancreática, icterícia e congestão hepática (utilização e quantidade adaptadas a cada caso).
Disenteria, diarréia, febre tifóide e hemorróidas.
Colite, meteorismo e parasitas intestinais (ralar a casca do limão e fervê-la em água, com ou sem açúcar).
Fortalecimento da visão, glaucoma e hipertensão ocular.
Hemorragias, hemofilia e escorbuto.
Astenia, anemias e desmineralização (aumenta a capacidade imunológica).
Amamentação, obesidade e disfunções metabólicas (reequilibrante).
Hipertensão arterial, hipotensão arterial (regulador da pressão).
Afecções do sistema nervoso (fortalece e equilibra. As flores do limoeiro são também muito benéficas).
Diabetes, leucemia (preventivo), cancro (preventivo), enfarte (preventivo), trombose, embolia (preventivo).
Esclerose, arteriosclerose, doenças reumáticas e artrite.
Descalcificação, linfatismo e ascites.
Retenções urinárias e litíase urinária e biliar.

Indicações de uso externo
Cefaléias (colocar compressas embebidas em sumo na fronte e nas têmporas).
Febre do feno, sinusites e anginas.
Hemorragias nasais e otite.
Estomatite, glossite, afta e sifílides bucais.
Blefarites, terçóis e herpes.
Dermatoses (erupções, furúnculos, etc.), feridas infectadas e picadas de inseto.
Verrugas, seborréia facial.
Unhas quebradiças e pés sensíveis (friccionar com sumo ou polpa).
Queda do cabelo (fazer lavagens e fricções do couro cabeludo com o sumo puro).
Tonificante corporal (juntar suco de limão espremido à água do banho).

Composição
Entre os frutos conhecidos e disponíveis, é o que apresenta o mais elevado índice de radioatividade natural e benéfica (85%), sendo seguido pela uva moscatel ácida e pelo ananás (74%).
Existem cerca de 70 variedades, todas portadoras de uma enorme capacidade vitamínica e de dinamismo no nosso metabolismo.
Contém vitamina B1, B2 e B3, provitamina A (caroteno), que se encontra principalmente na casca, e vitamina A na polpa fresca e no sumo.
É riquíssimo em vitamina C (40mg a 50mg/100gr de fruto), que beneficia o desempenho das glândulas endócrinas. Por isso a sua ingestão diária é indispensável.
Tem vitamina PP, que age protegendo e tonificando o sistema vascular, e vitamina I, que é um preventivo das pneumonias.
Contém grandes quantidades de sais minerais e oligoelementos, como cálcio, ferro, silício, fósforo, cobre, magnésio e iodo.
Encontram-se apreciáveis percentagens de ácidos cítrico e málico, além de pequenas quantidades de ácido acético, fórmico e citratos de potássio e de sódio.
Apresenta glucose e frutose diretamente assimiláveis, bem como sacarose.
Tratamento intensivo com suco de limão
O tratamento intensivo com o limão é especialmente indicado nos casos de reumatismo e doenças afins, asma, enfisemas, doenças agudas e afecções do sistema digestivo.
Toma-se em jejum o suco puro de um limão sem adoçar. Vai-se aumentando a dose ao longo de 10 dias consecutivos, até se chegar ao suco de 10 limões.
A partir do 10º. dia, decrescem-se as doses em equivalente proporção até chegar ao 19º. dia, altura em que, tal como inicialmente, se deverá tomar o suco de apenas um limão.

Importante
Tomar o suco com canudo, para evitar o contato com os dentes e o sabor acentuado.
Ao manusear o limão ou qualquer fruta cítrica, lavar muito bem as mãos e o local onde foi realizado o uso externo antes de se expor ao sol. Caso contrário, vão se formar manchas escuras na pele. De qualquer forma, mesmo com a pele muito bem lavada, evite tomar sol diretamente e não se esqueça de usar filtro solar.
Texto adaptado de
http://www.ahau.org/curalimao.0.html.

Fonte:

Atividades do dia 15 de Novembro - Proclamação da República.




















FONTE: