Quanto pagamos de Imposto:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog:  NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER -- JORNAL PONTO COM **

PENSE NISSO:

PENSE NISSO:

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Números decimais


Números decimais












,
EDUCAÇÃO S/A

TRABALHANDO COM GÊNEROS TEXTUAIS

TRABALHANDO COM GÊNEROS TEXTUAIS








http://alfabetizandocomfantasia.blogspot.com.br/2012/02/trabalhando-com-generos-textuais_4951.html

Projeto Literário MALETA DA FANTASIA!!!
















http://professoraivaniferreira.blogspot.com.br/2015/07/o-projeto-literario-maleta-da-fantasia.html

Horóscopo 3ª feira 11 de agosto de 2015



ÁRIES: Os pequenos assuntos se tornam mais importantes do que os grandes voos. Evite enxergar nisso algum tipo de atraso ou problema, este é o início de um tempo em que você precisa dar mais atenção à infraestrutura básica.


TOURO: Fazer o que deseja, poderia haver regozijo maior? Porém, eis que aí mesmo mora o perigo, pois, quem disse que você tem lucidez suficiente para reconhecer os desejos sem envolver-se em fantasias que produzem loucura?


GÊMEOS: O movimento que muda tudo em sua vida traz consigo mais benefícios do que malefícios, por isso, será mais sábio você deixar de resistir o quanto antes, pois toda resistência atrasará a percepção dos benefícios.


CÂNCER: Dentre todas as ideias que sua mente pensa e que se contradizem entre si, algumas luminosas e consistentes começam a despontar no horizonte. Será necessário você usar todo seu poder de discernimento para reconhecê-las.


LEÃO: Nem todas as soluções são representadas por recursos materiais, porém, a urgência é tamanha que a alma se convence de que nada além de dinheiro seria imprescindível para superar os constrangimentos. Há algo mais.


VIRGEM: De que adiantaria você julgar moralmente as pessoas que cometeram erros? Elas poderiam fazer o mesmo com você e estariam autorizadas para tanto, porque todo ser humano é moral e se sente no lugar legítimo de ter a razão.


LIBRA: As melhores coisas você precisa compartilhar apenas com as pessoas verdadeiramente íntimas e se, por ventura, você ainda não souber afirmar com exatidão quem seriam essas, então chegou a hora de prestar mais atenção a isso.


ESCORPIÃO: Você precisará fazer concessões em nome do bem-estar do grupo de pessoas em que sua alma está inserida na atualidade. Colocar o bem-estar grupal acima do pessoal é uma façanha heroica, mas você é capaz de desempenhá-la.


SAGITÁRIO: Para o bem ou para o mal, o caso é que a partir de agora as coisas andarão, orientadas por todos os esforços que você tenha feito nos meses anteriores. Para o bem ou para o mal, agora se darão os desfechos.


CAPRICÓRNIO: Muitas perspectivas novas se desenham no horizonte, porém, entenda que ainda são potencialidades, ainda são sementes que você, se houver real interesse, terá de cuidar para que germinem, cresçam e frutifiquem.


AQUÁRIO: Arriscar-se é necessário, porém, com os pés bem firmes no chão, sem cometer loucuras orientadas pela ilusão de que todo risco significaria uma conquista. Há riscos inúteis que você deve evitar a todo custo.


PEIXES: A sensação de você ter perdido o domínio sobre a sua própria vida talvez não seja mera sensação, porém, a mais fiel tradução da realidade. Contudo, também dá para verificar que perder o domínio não é tão ruim assim.


DIÁRIO GAÚCHO

Dilma acerta com ministros próximos passos do governo -- "Pautas-bomba" dominam as conversas no Palácio do Planalto

Dilma acerta com ministros próximos passos do governo -- 

"Pautas-bomba" dominam as conversas no Palácio do Planalto

Dilma se reuniu com grupo de ministros de seu conselho político para discutir os próximos passos do governo | Foto: Wilson Dias / Agencia Brasil / CP
Dilma se reuniu com grupo de ministros de seu conselho político para discutir os próximos passos do governo 

Foto: Wilson Dias / Agencia Brasil / CP




Em meio à maior crise política desde que a assumiu a Presidência e lidando com a menor popularidade de um presidente desde que Fernando Collor sofreu o impeachment, Dilma Rousseff reuniu neste domingo, o grupo de ministros de seu conselho político para discutir os próximos passos do governo. A agenda não foi trivial: sobre a mesa de Dilma, as "pautas-bomba" em votação no Congresso que colocam em risco o ajuste fiscal, o esfacelamento da base aliada, o enxugamento de ministérios e as manifestações contra seu governo previstas para o próximo domingo.

Normalmente realizada às segundas-feiras, a reunião foi antecipada por Dilma, que viaja no começo da semana a São Luís do Maranhão para inaugurar unidades do Minha Casa, Minha Vida. Participaram do encontro 13 ministros, dois líderes do governo e o vice-presidente Michel Temer.

Essa foi a primeira reunião do grupo após Temer, que também é o articulador político do governo, ter relatado que o país precisa de "alguém que tenha a capacidade de reunificar a todos". A fala foi vista com desconfiança por petistas diante da possibilidade da abertura de um pedido de impeachment contra Dilma. Como mostrou reportagem do jornal O Estado de S. Paulo no domingo, o peemedebista tem demonstrado estar convicto de que qualquer caminho de saída da crise passa necessariamente por ele e pelo partido que comanda, o PMDB.

Encarando o papel de "fiador" do governo, Temer tem como missão aparar arestas no Congresso, especialmente na Câmara, onde o Palácio do Planalto vem sofrendo sucessivas derrotas conduzidas pelo presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Nesta semana, o governo tem como missão tentar evitar a conclusão da votação dos destaques feitos por parlamentares na Proposta de Emenda à Constituição que vincula salários de advogados públicos da Advocacia-geral da União (AGU) e de delegados de polícia à remuneração dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). A medida é combatida pelo ministro do Planejamento, Nelson Barbosa, que estimou em R$ 2,45 bilhões o custo, para o governo, caso a PEC 443 seja aprovada. Segundo afirmou Barbosa na semana passada, a proposta "não é compatível com a situação econômico-fiscal do país".

Por ora, o governo continua apostando no Senado para barrar o avanço das propostas negativas. Na noite de segunda-feira, Dilma vai receber os principais nomes da Casa para um jantar no Alvorada. A expectativa é de que a presidente consiga o apoio dos senadores, em especial do presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), para construir o que vem sendo chamada de uma agenda de governabilidade. O Planalto acredita que o perfil dos senadores - mais velhos, experientes e, em muitos casos, ex-governadores - os torna mais sensíveis às consequências da aprovação de matérias que elevem os gastos públicos.

Outro assunto que preocupa o Planalto é o julgamento do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre as contas federais de 2014, que incluem as "pedaladas fiscais". O governo acompanha de perto o caso e vê com apreensão a pressa do presidente da Câmara, que na semana passada revisou as contas dos ex-presidentes Itamar Franco, Fernando Henrique Cardoso e Luiz Inácio Lula da Silva, abrindo caminho rumo à apreciação das contas de Dilma. Uma eventual rejeição dessa contabilidade é vista pela oposição como "gatilho" para um pedido de impeachment da presidente.

O corte de pastas - ao todo são 38 ministros - também é um tema que está no radar do governo para criar uma agenda positiva. O "inchaço da máquina" foi uma das principais críticas das eleições presidenciais do ano passado e continua presente em todas as manifestações anti-Dilma. Tecnicamente, a diminuição do número de ministérios está pronta, mas esbarra no rearranjo da base aliada beneficiada pelos cargos de ministros, que ficarão sem o "status".

O acirramento da Operação Lava Jato também deve movimentar o Congresso e, com isso, criar novos fatos políticos na relação entre os parlamentares e o Palácio do Planalto. Reconduzido por Dilma como Procurador-Geral da República (PGR) no sábado, Rodrigo Janot pode denunciar formalmente Cunha a partir de elementos levantados pelos investigadores que fazem parte da Lava Jato.


C do Povo 

‘Nunca imaginei isso na minha vida’, diz brasileira que encontrou o papa Estudante brasileira chamou atenção do mundo após pergunta do papa. Ela conseguiu que o papa Francisco soltasse uma enorme gargalhada.

‘Nunca imaginei isso na minha vida’, diz brasileira que encontrou o papa

Estudante brasileira chamou atenção do mundo após pergunta do papa. Ela conseguiu que o papa Francisco soltasse uma enorme gargalhada.


Nesta semana uma jovem estudante brasileira chamou a atenção do mundo. No Vaticano, ela conseguiu que o papa Francisco soltasse uma enorme gargalhada.

Papa Francisco: Você é brasileira? Então, uma pergunta: Quem é melhor Pelé ou Maradona?
Ana Carolina: Pelé.

A cena que ganhou os noticiários aconteceu na última sexta-feira (7). Ana Carolina, de 19 anos, foi até o Vaticano participar da comemoração dos 100 anos do movimento eucarístico jovem em um grupo de 40 brasileiros. Entre os dois mil participantes, estavam católicos de vários países, que foram representados pelos adolescentes que subiram ao altar com mensagens para o Papa. Entre eles, a Ana Carolina.
“Eu fui subindo devagar chorando muito. Eu fui até o microfone, respirei muito fundo, fechei os olhos, ‘ai Meu Deus agora é a hora’. Eu respirei fundo e fiz a pergunta para ele”, conta Ana Carolina.
Depois da pergunta, Ana Carolina foi ao encontro do papa Francisco. “Foi muito emocionante, eu nunca pensei em chegar ali perto, subir ali e ir falar com o papa e poder abraçar ele, eu nunca imaginei isso na minha vida, e era um sonho que eu queria muito, muito realizar. Eu enrolei a cruz na minha mão bem enrolada, na hora que eu fui apertar a mão dele, eu joguei a cruz na mão dele. E ele me perguntou se era para ele mesmo, eu falei sim, e tinha mais, entreguei um lenço pra ele. Fui levei a bandeira e passei na mão do papa”, conta Ana Carolina.

Fantástico: E ele falou: ‘brasileira?’

Ana Carolina: Sim, do Brasil. Aí ele fez a pergunta: ‘quem é melhor, Pelé ou Maradona? ‘Aí eu falei: ‘lógico, Pelé’. Comecei dar muita risada, ele também, abracei ele com tudo, muito forte, ele também retribuiu esse abraço e começamos a rir demais, porque foi muito engraçado.
Ana Carolina, mora em São Paulo e para poder viajar, contou com uma vaquinha feita por parentes e amigos. Ela volta nesta segunda-feira (10) para o Brasil. “Eu só sei que eu vou chegar, vou ver meus pais que estou morrendo de saudades, do meu pai, da minha mãe, das minhas irmãs.”, diz.
Em família vai ter muito o que contar. “Mudou a vida porque foi uma grande benção, eu recebi uma grande benção dentro de mim, acho que foi um sonho que se realizou e que pode se realizar muitos outros”, afirma Ana Carolina.


G1 / FANTÁSTICO 


Nesta semana uma jovem estudante brasileira chamou a atenção do mundo. No Vaticano, ela conseguiu que o papa Francisco soltasse uma enorme gargalhada.

Papa Francisco: Você é brasileira? Então, uma pergunta: Quem é melhor Pelé ou Maradona?
Ana Carolina: Pelé.

A cena que ganhou os noticiários aconteceu na última sexta-feira (7). Ana Carolina, de 19 anos, foi até o Vaticano participar da comemoração dos 100 anos do movimento eucarístico jovem em um grupo de 40 brasileiros. Entre os dois mil participantes, estavam católicos de vários países, que foram representados pelos adolescentes que subiram ao altar com mensagens para o Papa. Entre eles, a Ana Carolina.
“Eu fui subindo devagar chorando muito. Eu fui até o microfone, respirei muito fundo, fechei os olhos, ‘ai Meu Deus agora é a hora’. Eu respirei fundo e fiz a pergunta para ele”, conta Ana Carolina.
Depois da pergunta, Ana Carolina foi ao encontro do papa Francisco. “Foi muito emocionante, eu nunca pensei em chegar ali perto, subir ali e ir falar com o papa e poder abraçar ele, eu nunca imaginei isso na minha vida, e era um sonho que eu queria muito, muito realizar. Eu enrolei a cruz na minha mão bem enrolada, na hora que eu fui apertar a mão dele, eu joguei a cruz na mão dele. E ele me perguntou se era para ele mesmo, eu falei sim, e tinha mais, entreguei um lenço pra ele. Fui levei a bandeira e passei na mão do papa”, conta Ana Carolina.

Fantástico: E ele falou: ‘brasileira?’

Ana Carolina: Sim, do Brasil. Aí ele fez a pergunta: ‘quem é melhor, Pelé ou Maradona? ‘Aí eu falei: ‘lógico, Pelé’. Comecei dar muita risada, ele também, abracei ele com tudo, muito forte, ele também retribuiu esse abraço e começamos a rir demais, porque foi muito engraçado.
Ana Carolina, mora em São Paulo e para poder viajar, contou com uma vaquinha feita por parentes e amigos. Ela volta nesta segunda-feira (10) para o Brasil. “Eu só sei que eu vou chegar, vou ver meus pais que estou morrendo de saudades, do meu pai, da minha mãe, das minhas irmãs.”, diz.
Em família vai ter muito o que contar. “Mudou a vida porque foi uma grande benção, eu recebi uma grande benção dentro de mim, acho que foi um sonho que se realizou e que pode se realizar muitos outros”, afirma Ana Carolina.


G1 / FANTÁSTICO 

Promotora do Gaeco se envolve em acidente e é levada à delegacia -- Procuradoria do MP disse que promotora não estava em horário do trabalho. Segundo o Boletim, promotora apresentava sinais de embriaguez.

Promotora do Gaeco se envolve em acidente e é levada à delegacia -- 

Procuradoria do MP disse que promotora não estava em horário do trabalho.
Segundo o Boletim, promotora apresentava sinais de embriaguez.


Promotora do Gaeco se envolve em acidente e é levada à delegacia (Foto: Reprodução/ RPC)
Promotora do Gaeco se envolve em acidente e é
levada à delegacia 
 
(Foto: Reprodução/ RPC)
 
 
A promotora do Ministério Público do Paraná (MP-PR) Leila Schimiti foi levada para a delegacia na noite de sábado (9) após se envolver em um acidente de trânsito com três carros em Londrina,  no norte do Paraná.

De acordo com o Boletim de Ocorrência, a promotora responsável pela Operação Publicano, que investiga um esquema de recebimento de propina dentro da Receita Estadual, apresentava sinais de embriaguez. Leila se recusou a fazer o teste do bafômetro, ainda conforme o boletim.

Por meio de nota, a promotora caracterizou o episódio como lamentável e pediu desculpas aos envolvidos na batida e à sociedade. Ela disse também que irá se submeter às consequências legais e pediu a Deus serenidade para lidar com a situação.
O procurador-geral Gilberto Giacoia disse que o procurador Claudio Esteves esteve no local e, em breve, deve repassar todas as informações sobre o acidente. “Só depois de reunirmos todos os elementos a Procuradoria tomará providências que o caso requer. Ainda não sei qual a extensão do problema, por isso estou aguardando informações do procurador que nomeei como responsável em Londrina”, detalha.

Boletim de Ocorrência detalha que a promotora Leila Schimiti apresentava sinais de embriaguês (Foto: Divulgação/PM) 
Boletim de Ocorrência detalha que a promotora Leila Schimiti apresentava sinais de embriaguês 
 
(Foto: Divulgação/PM)

“A promotora estava fora do expediente de trabalho, não estava em um compromisso profissional. Estava em um compromisso pessoal. A princípio foi um episódio que não tem relação com as atividades que ela exerce no Ministério Público,ou seja, não interfere na função funcional”, acrescenta o procurador-geral do MP.

Ainda segundo o Boletim de Ocorrência, a promotora Leila Schimiti informou a equipe policial que voltava de uma festa na área rural do município quando ocorreu o acidente. Em um trecho, os policiais detalharam que a promotora "apresentava sinais de embriaguez, como odor etílico, fala desconexa".
Mesmo demonstrando sinais de embriaguez, a promotora do MP-PR não foi presa. Segundo o procurador Claudio Esteves, que esteve no local do acidente e a acompanhou até a delegacia, existe uma lei que determina que os membros do Ministério Público só podem ser presos em casos de crimes inafiançáveis. Como não foi o caso, Leila foi liberada após comparecer à delegacia.

"A promotora Leila abriu mão dessa prerrogativa e concordou em ser conduzida pelos policiais militares até a delegacia para demonstrar que ela não teve nenhum tipo de privilégio. Pois, se fosse cumprir rigorasamente a lei, a promotora não deveria ser levada até a delegacia. Entretanto, zelamos pela imagem do MP-PR, e sugerimos que ela prestasse todos os esclarecimentos", detalha o procurador Claudio Esteves.
Sobre o trecho no Boletim de Ocorrência que afirma que a promotora foi liberada "para preservar a imagem" dela, Esteves argumenta que a frase foi uma interpretação dos policiais sobre o dispositivo que protege os integrantes do órgão.

Os outros dois motoristas realizaram o teste do bafômetro na delegacia e não foi constatado nenhum teor alcoólico em ambos os exames. Ninguém ficou ferido.

Operação Publicano
 
A Operação Publicano investiga supostos casos de corrupção de auditores fiscais da Receita Estadual do Paraná.  Desde que a operação foi deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), 237 pessoas – entre auditores, empresários, contadores e advogados – foram denunciadas à Justiça por corrupção passiva, ativa e formação de organização criminosa. A promotora Leila Schimiti é uma das responsáveis pelo caso.

Nota da promotora
 
"Em razão do lamentável evento ocorrido na data de ontem e que me envolve, venho a público externar meus pedidos de desculpas a todos os envolvidos e à sociedade. Na oportunidade, me submeti às medidas determinadas pelas autoridades e assim será em relação às demais consequências legais advindas desse episódio. Peço a Deus que me dê serenidade para passar por esse momento e continuar trabalhando em benefício da sociedade."


G1  PR 

Inimigo dos dentes; vinho branco pode ser pior que tinto -- A acidez dos vinhos brancos prejudica o esmalte dental e ainda facilita que pigmentos de outros alimentos impregnem na sua superfície

Inimigo dos dentes; vinho branco pode ser pior que tinto -- 

A acidez dos vinhos brancos prejudica o esmalte dental e ainda facilita que pigmentos de outros alimentos impregnem na sua superfície


Os ácidos presentes nos vinhos têm a capacidade de “arranhar” o esmalte dental, o que permite que sua estrutura seja mais facilmente agredida por outros alimentos, como os açucarados e os pigmentados. Mas, apesar de o vinho tinto trazer a combinação da acidez e do corante, é o branco que prejudica mais os dentes.
“O vinho branco é mais ácido e tem um maior impacto sobre o esmalte dos dentes. Essa acidez excessiva facilita que alimentos pigmentados como o próprio vinho tinto, café, chá, beterraba, tomate, chocolate, entre outros, manchem ainda mais a estrutura dental”, diz Leon Américo do Nascimento, dentista especialista em Reabilitação Oral Estética na WellClinic.
Por isso, a combinação dos dois vinhos pode ser ainda mais agressiva aos dentes. “Esse costume que algumas pessoas têm de começar com um vinho branco, durante o aperitivo, e depois passar para o vinho tinto durante a refeição, pode ser bem perigosa. A acidez do vinho branco deixa os dentes mais porosos e mais propensos a absorver os corantes naturais do vinho tinto”, diz o porta-voz do site Tintos&Tantos, especializado em vinho.
O vinho branco é mais ácido e tem um maior impacto sobre o esmalte dos dentes
 
Foto: Yeko Photo Studio / Shutterstock
O vinho branco é mais ácido e tem um maior impacto sobre o esmalte dos dentes
 
Dicas para amenizar os efeitos 

  
Mas isso não quer dizer que você deve parar de tomar vinhos. Para que os efeitos nocivos aos dentes sejam amenizados existem alguns truques que podem ajudar.
Para começar, é fundamental que a higienização bucal diária esteja em ordem. “Escovar os dentes, não deixar acumular placas e tártaro e ingerir bastante água (que estimula a salivação) ajudam a diluir e neutralizar os ácidos presentes no vinho”, diz Leon. 
Já no dia do consumo, segundo o Tintos & Tantos, basta seguir essas regrinhas: 

Antes - Escove os dentes uma hora antes de beber vinho. Com essa antecedência, o paladar não ficará alterado e os dentes estarão mais protegidos, com a superfície limpa e, principalmente, lisa (dificultando a impregnação da pigmentação).
Durante - Sempre consuma água junto com o vinho. Melhor ainda se for água com gás, pois a carbonatação vai ajudar a proteger os dentes ainda mais. De qualquer forma, o importante é não ficar com a boca seca.
Depois - Mesmo que a saliva esteja um pouco tingida pelo vinho, não escove os dentes logo depois de bebê-lo. Nesse momento, a acidez bucal terá deixado os dentes mais sensíveis à abrasão e a escovação poderá danificar o esmalte. O ideal é deixar a saliva trabalhar reduzindo a acidez. E, quando for escová-los, primeiro faça um bom bochecho com água para eliminar as substâncias restantes. 


Combinação queijo e vinho 

  
A combinação do queijo com o vinho não é apenas deliciosa, mas também pode ajudar a diminuir os efeitos da bebida nos dentes. “O queijo ajuda a anular o efeito corrosivo do ácido ao aumentar o pH da cavidade bucal. Também aumenta a salivação e ajuda a fechar micro poros da superfície dental. Além disso, é um alimento rico em cálcio, mineral essencial para a saúde dos dentes”, diz o porta-voz do site.
 
 
 
Agência Beta