Quanto pagamos de Imposto:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog:  NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER -- JORNAL PONTO COM **

PENSE NISSO:

PENSE NISSO:

terça-feira, 25 de outubro de 2016

10 coisas que pessoas gratas fazem diferente

Mais gratidão = vida melhor.


Ralph Waldo Emerson disse certa vez que, para alcançar a felicidade, é necessário “cultivar o hábito de ser grato por tudo de bom que acontece com você e de agradecer continuamente”.


No fim das contas, Emerson – que em seu trabalho explorou o significado de uma boa vida – estava muito próximo da verdade no que diz respeito à gratidão. As pesquisas mostram que expressar gratidão leva a uma vida mais feliz, mais saudável e menos estressante.


“A vida é uma série de problemas que têm de ser resolvidos – e muitas vezes esses problemas causam estresse”, disse ao The Huffington Post Robert Emmons, professor da Universidade da Califórnia em Davis e estudioso do tema da gratidão. “Dizer obrigado é uma forma de combater o estresse.”


As festas de fim de ano sempre envolvem a retórica do agradecimento – mas o que acontece depois que os restos da ceia estiverem na geladeira e a família for embora? Como podemos ser gratos por tudo o que contribui para nossas vidas, como aconselhou Emerson?


Veja a seguir 10 hábitos para cultivar a gratidão em sua vida.


1. Diário
Pesquisas indicam que há inúmeros benefícios em escrever num diário tudo pelo que você é grato.


Esse diário de gratidão pode reforçar pensamentos positivos – algo particularmente importante, pois o cérebro tende a naturalmente se concentrar no que deu errado.


A caneta e o papel também podem te ajudar a progredir em relação aos seus objetivos pessoais.


Para obter todos os benefícios de um diário, Emmons recomenda escrever durante 5 a 10 minutos, dia sim, dia não. “É preciso se comprometer. Se você começar a fazê-lo, logo fica automático”, diz Emmons.


“É como praticar exercícios – você não acorda um belo dia e sai para correr. É preciso ter um plano, seja escrever ao acordar ou antes de dormir – não existe uma fórmula que funcione para todo mundo.”


2. Não evite a negatividade
Expressar gratidão pode gerar mais otimismo, mas as pessoas gratas não evitam a negatividade.


Emmons diz que, apesar de pensarmos em gratidão em termos de focar no bom e evitar o ruim, a chave para uma vida de gratidão é aceitar os obstáculos como parte da jornada.


Emmons sugere lembrar de alguma época difícil da vida – é provável que você comece a se sentir grato pelos dias de hoje.


3. Fique próximo das pessoas queridas...
Quem é grato sabe que não chegou sozinho ao lugar em que está – e as pessoas gratas tentam passar o maior tempo possível com quem importa em sua vida.


“A gratidão nos ajuda a nos conectar com os outros”, diz Emmons. “Ela fortelece relacionamentos, e os relacionamentos são os elementos mais importantes quando se fala em felicidade e em lidar com o estresse.”


4. ... e declare seu amor por elas.
Expressar sua apreciação pelas pessoas queridas também permite que elas entendam como você as enxerga.


“Mais que qualquer outra emoção, a gratidão é a emoção da amizade”, disse ao The New York Times Michael E. McCullough, pesquisador da Universidade de Miami.


“É parte de um sistema psicológico que leva as pessoas a entender que os outros dão a elas.”


Vale a pena demonstrar o quanto você aprecia as pessoas queridas. Um estudo recente publicado na revista Personal Relationships indica que casais que expressam gratidão em seus relacionamentos têm casamentos mais felizes.


Altos índices de gratidão no relacionamento também parece reduzir a probabilidade de divórcios.


5. Seja consciente no uso das redes sociais
Em nossa cultura 100% plugada, é impossível fugir completamente das redes sociais. Mas, diz Emmons, as pessoas gratas tiram proveito dessas redes.


“Elas usam as deixas do dia a dia para disparar pensamentos de gratidão”, diz ele.


Pesquisas indicam que pensamentos positivos compartilhados nas redes sociais se espalham mais rápido que os negativos – algo que torna o processo de gratidão muito mais fácil quando se pensa na internet.


Emmons sugere fazer um arquivo de posts no Instagram e no Facebook para os momentos em que você precisa se lembrar de ser grato.


Esse método ajuda a “invocar” lembranças felizes por meio de páginas que você visita diariamente. “A tecnologia e os aparelhos digitais são criticados porque você fica menos conectado, mas, se usados da maneira certa, acho que o acontece o contrário”, diz Emmons.


6. Saiba o valor das pequenas coisas...
Momentos pequenos e ordinários têm muita força, como conseguir entrar no metrô logo antes do fechamento das portas ou ver seu cachorro fazendo festa quando você chega em casa.


7. ...E ajude os outros a apreciá-las.
Pequenos atos de bondade fazem muita diferença quando se trata de cultivar a gratidão.


Pessoas gratas têm o hábito de reconhecer e retribuir qualquer pequena gentileza recebida, seja um elogio ou a ajuda do dia-a-dia.


Pesquisas mostram que isso aumenta a sua felicidade e a do outro, também.


8. Faça trabalho voluntário
Todo mundo precisa de ajuda de vez em quando – e as pessoas gratas sabem que a melhor maneira de reconhecer este fato é fazer algo a respeito.


Em seu livro Thanks! (obrigado, em tradução livre), Emmons observa que as pessoas que fazem trabalho voluntário se sentem gratas pela experiência de ajudar.


“Servir os outros as ajuda a encontrar a espiritualidade interna, e elas se sentem gratas pela oportunidade de servir”, escreve ele.


Uma pesquisa publicada an BMC Public Health aponta que o trabalho voluntário pode resultar em menos depressão e mais sentimentos de bem-estar.


Emmos sugere examinar seus talentos e usá-los para ajudar os outros, pois as pessoas sentem mais gratidão em dar do que em receber.


9. Mexa-se
Gratidão e forma física podem andar juntas. Segundo um estudo de 2003 realizado por Emmons, as pessoas mais gratas também praticam mais exercícios.


Os participantes do estudo também tinham menos restrições na dieta e tinham menos propensão a fumar ou abusar do álcool.


Já se provou que o exercício limpa a cabeça e reduz o estresse. Pessoas gratas que estão sempre em movimento têm cabeças e corpos mais saudáveis.


A gratidão, portanto, é um dos melhores remédios, diz Emmons.


10. Ame a si mesmo
As pessoas gratas sabem que a gratidão pode aumentar a autocompaixão.


Um estudo publicado na revista Personality and Individual Differences indica que níveis mais altos de gratidão são associados a uma melhor autoestima.


Não é à toa: quando seu bem-estar é a prioridade, não há como não se sentir bem.


Fonte: HuffPost Brasil
Postar um comentário