Quanto pagamos de Imposto:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog:  NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER -- JORNAL PONTO COM **

PENSE NISSO:

PENSE NISSO:

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

O Catequista precisa ter a Espiritualidade do café



Queridos catequistas, lendo uma postagem na revista Ecoando, gostaria de compartilhar com vocês, o qual motivo dessa comparação...rsrs
O Café tem vários processos até chegar na sua mesa, assim nós, se não passarmos por um processo, nunca vamos deixar o nosso aroma por ondem passarmos.

Assim como o café que precisa ser jogado na peneira para tirar os ciscos e as folhas, assim também é o catequista, nós precisamos ser jogado na peneira, para que possamos passar por uma transformação, tirando todas as coisas ruins que temos na nossa vida.
Por isso catequistas precisamos ter essa ousadia, de passar por esse processo, e não ficarmos no chão jogados, mofando como os grãos de café, ou seja, um catequista parado que não quer saber de nada, que quer tudo na não, tudo pronto, não vai adiante, fica ali mofando.
A partir do momento que dizemos" sim" ao chamado de Deus, temos que permitir que Ele nos acolha do chão e nos coloque nessa peneira. A peneira é a oração, é Jesus que segura essa peneira, mas é nós que fazemos essa escolha de passar por esse processo.
Deixar-se peneirar por Deus é o que chamamos de Discernimento Espiritual, ou seja, escolher o que é bom e deixar de lado o que é ruim. Mas como sabemos o que é grão e o que é cisco?
Em primeiro lugar , só quem peneira direito é Deus, não damos conta de fazer isso sozinhos, assim é o café, ele precisa de alguém para fazer todos os processos, desde o plantio até a parte de peneirar.
Nós catequistas nunca estamos sozinhos, Deus sempre está conosco, devemos confiar no Espírito Santo e pedir para que ele nos ilumine, o que só acontece se você permitir.
Só Deus sabe o que é grão, e o que é sujeira: a meditação da Palavra, a conversa com Deus, a participação da Missa, são os meios para sentirmos a mão de Deus nos tocando e nos peneirando.
Uma vez dentro da peneira, deixamos-nos ser jogados totalmente para o alto. Deus vai nos abanando e mostrar o que é grão e o que cisco, o que é bom deve ficar, e o que é ruim deve sair.
E tem mais não acaba por aqui, o café limpo, para ficar pronto, precisa de calor, o calor do sol quando seca no terreiro, o calor do fogo, quando é torrado e preparado.

" A decisão espiritual não deve ser precipitada nem nunca se limita a um único momento, mas é um processo paciente. ( 1 Cor 4,5).

Deus vai nos revirando no calor do seu amor, em oração, para que nos tornemos cada vez mais conscientes e seguros. Se temos a clareza sobre a vontade de Deus para nós e sentimos que ele nos fortalece para agir, esse é o momento de se entregar.
O grão torrado deixa-se moer, o café moído chega a sua essência, triturado, o pó fino está pronto para oferecer o melhor de si. Quando entregamos a Deus e aos irmãos o nosso "mais", achamos o tesouro escondido no campo, a pérola preciosa, viramos sal da terra, luz do mundo, com bom odor de Cristo.
E ai eu te pergunto, vamos deixar passar por todo esse processo, e deixar Deus nos peneirar?

http://waniacatequista.blogspot.com.br/2015/04/o-catequista-precisa-ter.html
Postar um comentário