Quanto pagamos de Imposto:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog:  NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER -- JORNAL PONTO COM **

PENSE NISSO:

PENSE NISSO:

sábado, 10 de outubro de 2015

Chile joga melhor e vence o Brasil na abertura das Eliminatórias

Seleção mostrou pouca inspiração ofensiva e sofreu sua primeira derrota em estreias na competição
Seleção mostrou pouca inspiração ofensiva e sofreu sua primeira derrota em estreias na competição 

Foto: Martin Bernetti/AFP/CP

O Chile jogou melhor, nesta quinta-feira, e castigou o Brasil com sua primeira derrota em estreias de Eliminatórias da Copa. A equipe de Dunga teve pouca inspiração ofensiva e foi dominada no segundo tempo, quando sofreu o 2 a 0 no Estádio Nacional de Santiago.

O Brasil tentará a recuperação na próxima terça-feira, quando enfrenta a Venezuela. A partida será disputada no estádio Castelão, em Fortaleza, a partir das 22h. 
Pouca inspiração e trave salvadora

A equipe chilena começou melhor o primeiro tempo e ensaiou pressão nos primeiros dez minutos, obrigando o goleiro Jefferson a fazer duas defesa em bolas de Vargas e Alexis Sanchez. O Brasil conseguiu reverter a situação, entretanto e passou a ronda a área chilena.

Faltou a criação de mais chances de gol, porém. As melhores delas vieram com o centroavante Hulk. Primeiro foi numa bola parada ganha em jogada individual de William. Hulk chutou forte, tirando tinta da trave direita, mas mandando para fora. Depois, ele recebeu de Marcelo e tentou encobrir o goleiro sem ângulo, mas Bravo pegou em dois tempos.
No fim da etapa, o Chile voltou a levar perigo. Beaseujour brigou pela bola na área brasileira e sobrou para Sanchez. Ele chutou da quina esquerda da área e a bola explodiu na trave esquerda, com Jefferson já batido. O primeiro tempo terminou mesmo 0 a 0.

O segundo tempo começou com mais iniciativa de ambas as equipes, abrindo espaços para jogadas de ataque. A primeira tentativa foi brasileira, que conseguiu falta frontal na frente da área. Oscar tentou cobrar direto, mas estampou a barreira. Ainda teve a chance no rebote, mas mandou por cima.

Os chilenos responderam aos 10 minutos. Isla dominou do meio da rua e disparou um lindo chute. A trave salvou Jefferson que pulou, mas não chegou nem perto no canto esquerdo. Douglas Costa ainda criou boa chance ao escapar em velocidade pela direita e cruzar na marca do pênalti, mas Hulk estava mal posicionado e não alcançou.

Chile domina e define o jogo

Quando Fernández entrou no lugar de Valdívia, o Chile começou a levar mais perigo. Foi com ele que começou jogada aos 21 minutos e quase balançou as redes. Gonzalez recebeu do lado esquerdo da área e chutou cruzado. A bola passou a centímetros do pé de Sanchez que encostaria para o gol. Cinco minutos depois, não houve perdão. Fernandes cruzou no primeiro pau e o baixinho Vargas desviou de primeira. Jefferson ainda encostou na bola, mas ela morreu no fundo das redes, anotando 1 a 0.

Pouco depois, Dunga lançou Ricardo Oliveira no lugar de Hulk e o centroavante até deu boa resposta, mas sem conseguir igualar. Ele teve a chance em dois chutes, primeiro em passe de Douglas Costa, que a zaga desviou e, depois, recebendo e Marcelo e virando para o chute, mas mandando em tiro de meta.

Em cima da pouca inspiração brasileira, os chilenos ainda tiveram tempo de matar o jogo. Aos 44 minutos, Sanchez recebeu no meio e abriu para Vidal, o chileno tirou a marcação com um toque e devolveu. Sanchez chutou para o gol, a bola rebateu em Miranda, mas o atacante chegou no rebote para conferir o 2 a 0.
C do Povo

Postado por Clauderio Augusto às
Postar um comentário