Quanto pagamos de Imposto:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog:  NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER -- JORNAL PONTO COM **

PENSE NISSO:

PENSE NISSO:

quarta-feira, 3 de junho de 2015

VW Fox chega à linha 2016 com mais itens e sem 1.0 4-cilindros


Reestilizado no ano passado, a Volkswagen promove importantes modificações de conteúdo para a linha 2016 do Fox. Agora, o motor 1.0 8v de quatro cilindros foi abolido (agora só resiste em Gol e Voyage): o propulsor 1-litro 12v de três cilindros (de 75/82 cavalos e 9,7/10,4 kgfm de torque a 3000 rpm), antes restrito ao BlueMotion, passa a ser padrão também nas versões Trendline e Comfortline. E se antes era preciso levar ar-condicionado e direção elétrica como opcionais, agora estes itens vêm de série (no mercado nacional, entre os carros, apenas Palio Fire, Uno Vivace e as versões de entrada de up!, Voyage e Gol ainda não trazem estes itens de série). Vidros dianteiros elétricos e travas elétricas também passam a fazer parte do pacote padrão. De brinde, todas as versões ganham o volante do Golf VII, antes disponível apenas na versão Highline.


Outra novidade muito-bem-vinda é a adoção da central multimídia (de série a partir da versão Comfortline), que pode ser a Composition Media ou a Discover Media. Trata-se de um sistema mais completo que o rádio RNS 315 que equipava como opcional o Fox Highline, trazendo tela de 6,3 polegadas sensível ao toque, conectividade com os sistemas Android Auto e Apple CarPlay, além do espelhamento da tela de smartphones a partir da conexão pelo cabo USB; a Discover Media oferece GPS com MapCare, que garante a atualização dos mapas "durante toda a vida do veículo".


Externamente, a única novidade é que as versões iniciais podem receber tonalidades reservadas às versões topo-de-linha: as metálicas Prata Tungstênio, Cinza Platinum e Azul Silk, além da perolizada Preto Mystic, totalizando 14 cores.

O motor 1.6 8v permanece nas versões Trendline e Comfortline, gerando 104 cavalos com etanol, enquanto as versões Highline, Pepper e CrossFox adotam como única opção de motorização o 1.6 MSI de 16 válvulas e 110/120 cavalos.


A versão de entrada Trendline 1.0 com ar e direção passa a custar R$ 42 890, quase o mesmo que a versão 1.6 (que agora passa para R$ 46 390). Já o Fox Comfortline parte de R$ 45 490 com motor 1.0 e sobe para R$ 48 990 com o propulsor 1.6 8v. A versão BlueMotion, com apelo ecológico e apêndices aerodinâmicos, permanece em produção, custando R$ 45 790. Vale lembrar que os modelos 1.6 podem ser equipados com o câmbio automatizado I-Motion.



O Fox Highline agora custa R$ 53 490 sem opcionais; o Pepper passa para R$ 54 120 e o CrossFox inicia sua tabela de preços em R$ 62 490 (antes, R$ 61 450). A versão aventureira urbana agora conta com a série Limited Edition, que por módicos R$ 595, agrega bancos, revestimentos das portas, coifa de câmbio e alavancas de freio de mão e da transmissão revestidos em couro sintético Native, rodas de liga leve aro 15'' "Atacama" e volante multifuncional revestido em couro com costuras na cor cinza.


Tanto o CrossFox quanto o Fox Highline contam como opcionais com o Pacote Elegance (que agrega acabamento em couro sintético Native, teto solar e rodas de liga leve aro 16'') e o Módulo Tecnológico (que adiciona controlador automático de velocidade, luzes de conversão estática, sensores de chuva e de luminosidade, retrovisor interno eletrocrômico e o Discover Media). Todos os Fox contam com 3 anos de garantia.






http://autorealidade.blogspot.com.br/2015/06/vw-fox-chega-linha-2016-com-mais-itens.html
Postar um comentário