Quanto pagamos de Imposto:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog:  NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER -- JORNAL PONTO COM **

PENSE NISSO:

PENSE NISSO:

domingo, 1 de novembro de 2015

Chapecoense joga com um a mais, mas fica no empate com o Atlético-PR

Eliminados na Sul-Americana, equipes ficaram no zero a zero no Brasileirão

Foto: Sirli Freitas / Especial

No empate sem gols entre Chapecoense e Atlético-PR, neste domingo, na Arena Condá, os dois times pareceram estar de ressaca pela eliminação da Copa Sul-Americana, para o River Plate e Sportivo Luqueño, respectivamente. O time da casa jogou todo o segundo tempo com um homem a mais mas não mostrou o mesmo ímpeto da partida que venceu por 2 a 1 o time campeão da Libertadores.

Foi o segundo empate seguido em casa. Menos mal que, de grão-em-grão, o Verdão se aproxima da pontuação necessária para permanecer na elite.
O time catarinense chegou a 40 pontos e, com mais três pontos nos últimos cinco jogos, fica na Série A, segundo o matemático Professor Kmarão, colunista do Diário Catarinan. O único problema é que três serão longe da Arena Condá.
No primeiro tempo o destaque da Chapecoense foi o meia Camilo. Logo a três minutos ele foi na linha de fundo, cruzou rasteiro, mas nem Túlio de Melo, nem Ananias conseguiram chegar na bola e mandar para o gol.
Depois Camilo chutou de fora da área e Weverton defendeu. Aos 32 minutos, no principal lance de gol do primeiro tempo, Camilo cruzou na área, Túlio de Melo cabeceou com força mas Weverton fez uma defesa de puro reflexo, mandando para escanteio.
—Foi mérito do goleiro — justificou-se o atacante.
Camilo também cruzou uma bola para Ananias, massa a finalização foi para fora.
No lado do Atlético o destaque positivo e negativo foi o meia Marcos Guilherme. Ele foi o jogador mais produtivo no início, arriscando chutes de fora da área e tabelando. Numa das jogadas ficou livre na entrada da área, pelo lado esquerdo e tentou bater colocado. Sorte da Chapecoense que ele errou o alvo.
Aos 43 minutos Marcos Guilherme foi expulso ao chutar Cleber Santana depois de perder a bola.
Com um a menos o Atlético jogou mais recuado no segundo tempo apostando nos contra-ataques. Num deles Cléo chutou com perigo, mas a bola foi para fora.
Então Guto Ferreira colocou Gil no lugar de Bruno Silva. E o carequinha da Chapecoense mostrou serviço. Primeiro deixou Ananias na cara do gol, que só não marcou pois Weverton saiu e fez a defesa. Depois tentou de fora da área e Weverton mandou para escanteio. O goleiro também evitou o gol em outro chute de Camilo.
Thiego ainda tentou surpreender o goleiro do Atlético chutando do campo de defesa, como fez Pelé na Copa de 70, mas também não fez.
Então ficou assim:Chapecoense 0 x 0 Weverton. No próximo sábado a Chapecoense enfrenta o Fluminense, no Rio de Janeiro. Desta vez empate pode ser bom.

DIÁRIO CATARINENSE
Postar um comentário