Quanto pagamos de Imposto:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog:  NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER -- JORNAL PONTO COM **

PENSE NISSO:

PENSE NISSO:

domingo, 4 de outubro de 2015

Como os princípios bíblicos nos beneficiam?

Como os princípios bíblicos nos beneficiam?

Princípios bíblicos sendo aplicados: mãe coloca cinto de segurança na filha; pai e filho usam capacete ao andar de bicicleta; mulher grávida e trabalhador sendo cautelosos
Como os princípios bíblicos podem nos induzir a tomar medidas de segurança? — SALMO 36:9.
Uma família feliz

1. Por que precisamos de orientação?

Nosso Criador é mais sábio do que nós. Como Pai amoroso, ele cuida de nós. Deus não nos criou para sermos independentes dele. (Jeremias 10:23) Assim como uma criança precisa da orientação dos pais, todos nós precisamos da orientação de Deus. (Isaías 48:17, 18) A orientação fornecida pelos princípios da Bíblia é um presente de Deus. — Leia 2 Timóteo 3:16.
As leis e os princípios de Jeová nos ensinam o melhor modo de vida agora e mostram como podemos ganhar recompensas eternas no futuro. Visto que Deus nos criou, é justo que mostremos apreço por sua orientação. — Leia Salmo 19:7, 11; Apocalipse 4:11.

2. O que são princípios bíblicos?

Princípios bíblicos são verdades fundamentais. Leis, por outro lado, podem ser criadas para circunstâncias específicas. (Deuteronômio 22:8) Precisamos usar nossa capacidade de raciocínio para entender como um princípio se aplica numa determinada situação. (Provérbios 2:10-12) Por exemplo, a Bíblia ensina que a vida é um presente de Deus. Esse princípio básico pode nos guiar no trabalho, em casa e quando viajamos. Ele nos induz a tomar medidas de segurança. — Leia Atos 17:28.

3. Que dois princípios são muito importantes?

Jesus falou de dois princípios de suma importância. O primeiro revela o objetivo principal da vida humana — conhecer a Deus, amá-lo e servi-lo fielmente. Esse
 
primeiro princípio deve ser levado em conta em todas as nossas decisões. (Provérbios 3:6) Os que levam a sério esse princípio ganham a amizade de Deus, verdadeira felicidade e vida eterna. — Leia Mateus 22:36-38.

O segundo princípio pode nos conduzir a relacionamentos pacíficos com outros. (1 Coríntios 13:4-7) Aplicar esse princípio envolve imitar o modo como Deus trata as pessoas. — Leia Mateus 7:12; 22:39, 40.

4. Como os princípios bíblicos nos beneficiam?

Os princípios bíblicos ensinam as famílias a ser unidas pelo amor. (Colossenses 3:12-14) A Palavra de Deus também protege as famílias por ensinar outro princípio orientador: que o casamento deve ser permanente. — Leia Gênesis 2:24.
Por seguirmos princípios bíblicos podemos nos proteger em sentido material e emocional. Por exemplo, em geral os empregadores preferem funcionários que seguem os princípios bíblicos de honestidade e diligência. (Provérbios 10:4, 26; Hebreus 13:18) A Palavra de Deus também nos ensina a estar contentes com o que é necessário e a dar mais valor à amizade com Deus do que às coisas materiais. — Leia Mateus 6:24, 25, 33;1 Timóteo 6:8-10.
Aplicar princípios bíblicos pode proteger nossa saúde. (Provérbios 14:30; 22:24, 25) Por exemplo, obedecer às leis de Deus contra a embriaguez nos protege de doenças mortíferas e de acidentes. (Provérbios 23:20) Jeová não nos proíbe tomar bebidas alcoólicas, desde que seja com moderação. (Salmo 104:15; 1 Coríntios 6:10) Os princípios divinos nos beneficiam por nos ensinar a ter cuidado com nossas ações e com nossos pensamentos. (Salmo 119:97-100) Mas os cristãos verdadeiros não respeitam as normas de Deus simplesmente para benefício próprio. Eles fazem isso para dar honra a Jeová. — Leia Mateus 5:14-16.
http://www.jw.org/pt/publicacoes/biblia/nwt/livros/salmos/119/#v19119097-v19119100
Postar um comentário