Quanto pagamos de Imposto:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog:  NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER -- JORNAL PONTO COM **

PENSE NISSO:

PENSE NISSO:

domingo, 21 de junho de 2015

CONHEÇA AS 10 ESTAÇÕES DE TREM MAIS BELAS DO MUNDO


As estações de trem ao redor do mundo se consolidaram como atrações turísticas, indo além de um simples ponto de entrada e saída em um meio de transporte. Isso acontece por conta da arquitetura, da barroca à contemporânea, que causa impacto visual. Muitas dessas estações foram concebidas entre os séculos 19 e 20, quando andar de trem era algo novo, fascinante e extremamente moderno.

Estes espaços eram, e seguem até hoje, sendo não só um ponto de conexão entre cidades, mas símbolos de impérios completos. O mais interessante é que estes trechos resistiram às guerras, a ação do tempo e o desenvolvimento urbano. Mesmo que trens mais modernos sejam o grande investimento da vez, é impossível deixar de lado estas belas obras arquitetônicas e turísticas, fazendo com que os governos invistam em seus restauros e as mantenham atraentes e eficientes nos serviços oferecidos.

Diferente de aeroportos, não há a necessidade de chegar com tantas horas de antecedência para a viagem, mas vale a pena reservar um tempinho a mais para conhecer estas estruturas tão impactantes. Olha só:
1. Gare du Nord, Paris, França


Com arquitetura neoclássica, esta estação parisiense tem lá seus defeitos, mas vale a pena parar um pouco o tempo para admirá-la. Na fachada, 23 estátuas femininas esbanjam beleza e não só isso, já que têm um significado importante: representam as cidades conectadas pela companhia de trem, que, além de Paris, inclui Bruxelas, Londres, Viena, Amsterdã, Berlim, Frankfurt e Varsóvia.



Foto via
2. St. Pancras International, Londres, Reino Unido

Construída em 1868, a icônica estação vitoriana é um dos cartões-portais da cidade, destacando-se como um dos maiores espaços fechados do mundo. Essa relíquia quase foo demolida em 1966, mas permaneceu firme e forte , sendo renovada em 2001.


Foto via
3. Estação Ferroviária CFM, Maputo, Moçambique

Marcada pela arquitetura colonial, vinda da evidente influência portuguesa, chama a atenção pela enorme cúpula de bronze que adorna no telhado. Com antigas locomotivas à vapor, a estação ainda serve como reduto cultural, onde acontecem exposições e concertos.


4. Estação de Sirkeci, Istambul, Turquia

A estação central construída em 1888 serve de hub de conexão para diversas cidades europeias. A arquitetura presente é tão multicultural quanto o restante do país, incorporando azulejos coloridos, adornos orientais e grandes torres de relógio que iluminam o local.


Foto via
5. Estação Southern Cross, Melbourne, Austrália

Com foco na arquitetura sustentável, a estação de trem chama a atenção por seu telhado ondulado, que remete ao conceito de open space, cobrindo 60 mil metros quadrados. Seu planejamento permite que as fumaças de óleo diesel, calor e gases escapem por entre suas vias com a força dos ventos.


Foto © Richard Green
6. Estação de Kanazawa, Kanazawa, Japão

Um enorme e moderno portão xintoísta, chamado de ”Tambor Gate” (Tsuzmi-mon), com colunas que fazem alusão ao tambor tsuzumi, recebe os turistas que chegam de outras regiões. Feito de madeira, o portal se destaca, mas ainda faz companhia para outros adornos interessantes, como esculturas diversas e um relógio digital de água.


Foto via
7. Estação de Atocha, Madri, Espanha

A estação de trem conta com um belo jardim botânico em seu interior, além de um santuário de tartarugas, numa lagoa na outra extremidade da área verde, que atrai turistas e curiosos o tempo todo. E não subestime o jardim, pois conta com 2 mil plantas tropicais de 260 espécies distintas. O espaço ainda conta com diversos cafés e até uma casa noturna, para distrair os passageiros que aguardam seus trens.


Foto via


Foto via
8. Chhatrapati Shivaji Terminus, Mumbai, Índia

Exuberante, a estação planejada pelo arquiteto britânico F. W. Stevens e construída no século 19 une típicos marcos indianos com toques góticos em sua estrutura. Torres, cúpulas, padrões florais e animais são alguns detalhes que tornam o local um dos Patrimônios Históricos da Humanidade.


Foto via
9. Estação de São Bento, Porto, Portugal

Relembrando a arquitetura parisiense do século 19 em seu exterior, a estação portuguesa chama a atenção de longe. No hall de entrada, uma agradável surpresa: uma parede revestida com 20 mil azulejos de cerâmica, que demorou 11 anos para o artista Jorge Colaço deixá-la completa. Os desenhos retratam a história do transporte em Portugal.


Foto via


Foto via
10. Terminal Grand Central, Nova York, Estados Unidos

Construído no início do século 20, a estação de trem destaca o estilo Beaux Arts, que foca na riqueza de detalhes e formas históricas, vistas em candelabros, um enorme relógio Tiffany, estátuas de deuses romanos, colunas, arcos e janelas de 23 metros de altura em seu salão principal.


Foto via


Foto via
http://nomadesdigitais.com/conheca-as-10-estacoes-de-trem-mais-belas-do-mundo/
Postar um comentário