Quanto pagamos de Imposto:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog:  NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER -- JORNAL PONTO COM **

PENSE NISSO:

PENSE NISSO:

sábado, 13 de junho de 2015

Carne Bovina

A CARNE BOVINA é a carne extraída dos bovinos, especialmente do gado doméstico. A principal função da carne na alimentação humana é fornecer proteínas, ferro e vitamina B12, elementos essenciais para a manutenção da saúde.

Conheça os cortes bovinos e a melhor maneira de prepará-los:

ABA DE FILÉ – carne mais rija, precisa de cozimento mais longo, própria para ensopados, picadinhos e também para moer.FRALDINHA OU VAZIO – corte pequeno, de fibras longas e pouco macio. Indicada para caldos, molhos, cozidos e ensopados.
PONTA DE AGULHA – parte constituída de músculos e fibras grossas e compridas, para ensopados, cozidos e sopas.
COXÃO DURO OU POSTA VERMELHA– fibras duras, exige cozimento lento, ideal para carne de panela.
PATINHO – menos macio que a alcatra, usado para bifes à milanesa e para preparações de carne moída crua como o quibe e o steak tartar.
PICANHA – parte macia, marmorizada com gordura, própria para churrascos.
ALCATRA – mais macia que coxão mole, ideal para bifes.
MAMINHA – parte mais macia da alcatra, boa para bifes bem passados, pois tem mais gordura.
COXÃO MOLE – macio, bom para bifes finos e enrolados. Se vier com o contrapeso, rico em nervos e sebo, corte-o pela membrana que o separa da peça e use-o em sopas.
CONTRAFILÉ – ideal para bifes, rosbifes e assados. Possui gordura lateral que mantém o sabor e a umidade da carne.
LAGARTO, TATU OU POSTA BRANCA– de cor mais clara e formato alongado e definido. Preparo típico em carne de panela.
FILÉ MIGNON – é o corte mais macio da carne de boi. Embora não seja tão saboroso quanto a alcatra e o contrafilé, é ideal para bifes como medalhões, escalopes e também para rosbife.
FILÉ DE COSTELA OU ENTRECOTE– por ter fibras mais duras é utilizado principalmente para churrascos ou então para preparar carne cozida com legumes.
CAPA DE FILÉ – com textura desigual e grande quantidade de nervos, presta-se bem para o preparo de carnes com molhos que precisam de cozimento mais longos, além de ensopados e picadinhos.
ACÉM – é o pedaço maior e mais macio do dianteiro do boi. Dá ótimos ensopados, bifes de panela, carnes de panela recheadas e preparadas com molho.
BRAÇO OU PALETA– Contém o peixinho, considerado o lagarto do braço. Mais musculoso que o acém, é também muito saboroso pela quantidade de gordura interior da peça.
PEITO – parte do dianteiro do boi constituída de músculos e fibras duras. Pode ser enrolado com temperos e assado na panela com molho.
PESCOÇO – continuação do peito, é um dos corte de carne mais baratos que existem. Por ter formação semelhante à do peito, pode ser usado nos mesmos tipos de preparação.
MÚSCULO – muito saboroso, é indicado para preparo de molhos, ensopados e perfeito para sopas.
OSSOBUCO – Possui, no centro, osso com tutano que, submetido a cozimento lento, fornece pratos com molho de muito sabor. 
CUPIM - É a corcova do boi-zebu. Nele, fibras e gordura se entrelaçam. É saboroso e muito usado em churrasco. Mas exige um longo tempo de cozimento.

RABO- É uma carne com osso, que serve para o preparo da saborosa rabada.

Fonte: Suplemento Carnes - Cozinha Maggi
http://nutri-ale.blogspot.com.br/2015/04/carne-bovina.html
Postar um comentário