Quanto pagamos de Imposto:

Visite o blog: NOTÍCIAS PONTO COM

Visite o blog:  NOTÍCIAS PONTO COM
SOMENTE CLICAR NO BANNER -- JORNAL PONTO COM **

PENSE NISSO:

PENSE NISSO:

segunda-feira, 27 de julho de 2015

ODORES NA REGIÃO ÍNTIMA: O QUE FAZER?

É quase que uma unanimidade entre as mulheres que o odor característico da vagina incomoda e deixa insegura muitas de nós. É claro que se o odor for muito forte o ideal é você procurar um médico, pois pode haver algum problema de saúde. Agora se o odor for suave não porque se preocupar mesmo assim você pode seguir algumas dicas para aliviar esse incômodo.


A higiene exagerada da região íntima geralmente piora o odor. Isso porque os pelos, a camada gordurosa e as secreções que existem lá, apesar de serem causadores do cheiro, são também os responsáveis por combater a proliferação de bactérias e fungos. Ao lavar demasiadamente a região, interna ou externamente, você acaba removendo parte desta proteção, favorecendo infecções e, consequentemente, odores fortes e outros problemas mais graves.



A higienização correta é forma mais eficaz de suavizar esse incomodo, mas nada de exagerar. Um a dois banhos por dia são suficientes. Procure lavar bem a vagina externamente, tomando cuidado para higienizar as “dobrinhas”: afaste bem os pequenos e grandes lábios, e também a pele que fica em volta do clitóris, que pode acumular secreções. Passe o sabonete íntimo com os dedos nesses locais de difícil acesso e enxague bem. Ao sair do banho enxugue muito bem a região e espere alguns minutos para colocar a calcinha, evitando acumulo de umidade. Procure usar roupas íntimas de tecido natural, como algodão, sempre que possível. Na hora da depilação evite remover todos os pelos, remova apenas os pelos laterais e apele o restante.
Evite usar a ducha higiênica. O seu corpo limpa naturalmente o corrimento vaginal, sangue e sêmen. Muitas mulheres fazem ducha para limparem-se depois da menstruação, enxaguar corrimento ou para limpar o sêmen após uma relação sexual. Mas isso não é necessário. A vagina tem o seu próprio sistema de limpeza, ou seja, você não precisa usar sabonetes e enxaguar a parte interna dela para mantê-la saudável. Faça o uso da ducha apenas sobre orientação médica.
Evite usar o protetor diário para disfarçar odores, pois ele abafa a região íntima tornando o ambiente mais íntimo favorecendo a proliferação de fungos e bactérias e consequentemente piorando o odor. Protetores diários só devem ser usados no final da menstruação.
Durma sempre sem calcinha, é um ótimo hábito para a saúde íntima.
Mantenha uma alimentação equilibrada, diminua o consumo de açúcar e de carboidratos. Fique de olho no peso, mulheres obesas apresentam um odor mais forte na região vaginal.
Procure urinar após as relações sexuais. Estudos comprovam que urinar após o sexo é um método de prevenção à infecção de urina.




Fonte: http://www.bolsademulher.com/
Postar um comentário